Fundo Social de Suzano leva 400 crianças para parque aquático
POLÍTICA 12/04/2018 - 10:17
 
 

Suzanenses contemplados são assistidos pelo Instituto Thadeu José de Moraes e pela Fundação MGI, além de crianças do Jardim Brasil

O Fundo Social de Solidariedade de Suzano levou nesta quarta-feira (11/04) 400 crianças a um parque aquático da cidade em referência ao Dia Nacional da Alegria (DNA). O projeto, idealizado pelo Sindicato Nacional de Parques e Atrações Turísticas (Sindepat) e pela Associação das Empresas de Parques de Diversão do Brasil (Adibra), tem como principal objetivo mobilizar locais deste segmento para receberem instituições que atendam os públicos infantil e juvenil que vivem em situação de vulnerabilidade social.

Colocada em prática gratuitamente pelo parque aquático, que funciona na estrada do Pavoeiro, no distrito de Palmeiras, a iniciativa contemplou durante o dia um total de 2,3 mil jovens de entidades sociais. Destes, 400 são suzanenses assistidos pelo Instituto Thadeu José de Moraes e Fundação MGI, além de crianças do bairro Jardim Brasil.

Segundo o diretor-geral do parque, Cláudio Rocha, o evento, que é realizado anualmente em Suzano desde 2009, tem a pretensão de proporcionar um dia de muita diversão a todas as crianças e adolescentes que vivem em situação de vulnerabilidade social. Inclusive, o parque levou uma atriz mirim, que atuou em uma novela em rede nacional, para interagir com o público presente.

“Inicialmente, o convite foi encaminhado à presidente do Fundo Social de Suzano, a primeira-dama Larissa Ashiuchi, e, como também é coordenadora do Conselho dos Fundos Sociais do Alto Tietê, ela nos perguntou sobre a possibilidade de estendermos aos demais municípios. Em fevereiro, nos reunimos com os membros do Conselho e firmamos a parceria. Hoje estamos recebendo as crianças de toda a região”, detalhou.

Para a presidente do Fundo Social e dirigente do Serviço de Ação Social e Projetos Especiais (Saspe), Larissa Ashiuchi, a iniciativa é de grande importância na vida dos pequenos, uma vez que oferece mais qualidade de vida, retirando-os da rotina e ofertando um momento de lazer e diversão.

“Proporcionar ações culturais para crianças e jovens é uma forma de melhorar a qualidade de vida, além de incentivarmos a integração social. Hoje (11/04), comemora-se o Dia Nacional da Alegria, data que enalteço, pois sua finalidade é oferecer, de forma gratuita, lazer às crianças”, reiterou Larissa.

Foto: Irineu Jr.
 
 
Não esqueça de comentar
 
Pesquise em nosso Acervo
 
Leia também
  Câmara aprova oferta de drenagem linfática pelo SUS
A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania aprovou nesta quarta-feira (11) o Projeto de Lei
 
  Eleição presidencial já tem 14 pré-candidatos oficializados
A exatos seis meses da eleição presidencial deste ano, pelo menos 14 nomes já se colocaram publicame
 
  Famílias participam de regularização fundiária em Poá
Aconteceu na noite de ontem (5), na Igreja Brasil para Cristo, em Calmon Viana, reunião para assinat
 
Publicidade
 
Em cima da Hora
  Vereador Aparecido Marabraz questiona o valor do contrato do lixo
Em meio a toda polêmica relacionada ao último aumento no valor da taxa de coleta de lixo domiciliar,
 
  Emprega Itaquá já tem mais de 4,1 mil candidatos cadastrados
Criado há pouco mais de três semanas para proporcionar o aumento da empregabilidade dos moradores de
 
  Esplanada dos Ministérios tem atos pró e contra Lula
No momento em que ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) julgam o pedido de habeas corpus preve
 

 

© 2016 JE - Jornal Evangélico - O Jornal Evangélico é uma publicação Interdenominacional.
Todos os direitos reservados.