Ambulantes invadem Praças e Avenida no centro de Ferraz
GERAL 15/08/2017 - 12:30
 
 
Pedro Ferreoira 

A Prefeitura de Ferraz de Vasconcelos prometeu regularizar a atividade de trabalhadores informais na cidade dentro de 30 dias contados a partir de 21 de março deste ano, porém, até a presente data a medida anunciada na presença de todos os vereadores e de uma comissão de vendedores ambulantes não saiu do papel. A situação arrasta-se desde fevereiro. Por isso, o vereador Claudio Roberto Squizato (PSB) voltou a questionar o assunto por meio de um novo requerimento, na sessão ordinária, na segunda-feira, dia 14.  A primeira cobrança ocorreu em fevereiro e a segunda em junho.

No documento, o parlamentar pede para que a Câmara Municipal seja informada sobre o número de barracas de venda de produtos diversos e alimentícios estão autorizadas a ficarem instaladas nas Praças da Bíblia, da Independência na Avenida XV de Novembro, no centro e quais providências estão sendo adotadas para, finalmente, legalizar o trabalho de vendedores informais. Além disso, ele quer a lista de pessoas cadastradas para essa finalidade e o envio de planilha atualizada contendo todas as permissões e os locais onde funcionam.

Para Claudio Squizato, a desorganização dos trabalhadores informais está atrapalhando o direito de ir e vir, no centro, já que o interior das duas praças públicas e as calçadas da XV de Novembro estão abarrotadas de barracas. O vereador deixa claro que apoia a busca diária para garantir o sustento pelos ambulantes, mas desde que seja de forma organizada. O socialista também denuncia a comercialização de produtos ilegais, a presença de vendedores de fora da cidade e a concorrência desleal com comerciantes porque alguns vendem objetos similares em frente a lojas..

O presidente do Legislativo, Flavio Batista de Souza (PTB), o Inha disse que o prefeito, José Carlos Fernandes Chacon (PRB), o Zé Biruta está muito preocupado com a situação dos trabalhadores informais. Para tanto, sonha em fechar uma parceria para construir um camelódromo tendo em vista o custo de R$500 mil para instalar um lugar exclusivo. Já o vereador Eliel de Souza (PR), o Eliel Fox anunciou que vai pedir uma emenda parlamentar ao deputado federal, Márcio Alvino (PR-SP) com esse fim.

Além deles, também foram à tribuna falar a bagunça generalizada provocada pelos vendedores ambulantes no centro da cidade os vereadores Antonio Marcos Atanazio (PMDB), o Marcos BR, Hodirlei Martins Pereira (PPS), o Mineiro, Renato Ramos de Souza (PPS), o Renatinho Se Ligue, Claudio Ramos Moreira (PT), José Aparecido Nascimento (PT), o Aparecido Marabraz e Luiz Fabio Alves da Silva (PMDB), o Fabinho. Aliás, a maioria deles assina o requerimento com o colega Claudio Squizato.

 

 

 

 
 
Não esqueça de comentar
 
Pesquise em nosso Acervo
 
Leia também
  Limpeza de 800 metros do córrego no Lajeado
A Prefeitura Regional Guaianases por meio da equipe de limpeza realizou a limpeza de 800 metros do c
 
  Ambulantes invadem Praças e Avenida no centro de Ferraz
A Prefeitura de Ferraz de Vasconcelos prometeu regularizar a atividade de trabalhadores informais na
 
  Sicredi comemora resultados no Alto Tietê
Presente há pouco mais de um ano na região, a Sicredi Progresso PR/SP, que em São Paulo atua no Alto
 
Publicidade
 
Em cima da Hora
  Inflação do aluguel, IGP-M acumula 3,48% em 12 meses
A segunda prévia de abril do Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) acusou deflação (queda de preç
 
  EUA lançam dezenas de mísseis contra aeroporto na Síria
Forças militares dos Estados Unidos lançaram nesta quinta-feira (6) dezenas de mísseis de cruzeiro c
 
  IPC-S sobe e fecha março com inflação de 0,47%
O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) fechou março com uma taxa de inflação de 0,47%. Ela
 

 

© 2016 JE - Jornal Evangélico - O Jornal Evangélico é uma publicação Interdenominacional.
Todos os direitos reservados.