Conselho do Turismo discute ações para impulsionar setor
TURISMO 25/07/2017 - 20:39
 
 

Criação de roteiro gastronômico na cidade, planejamento de eventos futuros e ações empregadas nos últimos meses na cidade foram temas debatidos

Foi realizada na manhã de hoje (25), na Secretaria de Turismo, a reunião ordinária do Conselho Municipal de Turismo (COMTUR). A pauta do encontro foi composta por assuntos gerais, entre eles a criação de roteiro gastronômico na cidade, planejamento de eventos futuros e ações empregadas nos últimos meses na cidade.

O secretário de Turismo, Ronaldo Florido de Oliveira, comentou sobre o trabalho que tem sido realizado em prol do setor turístico. “A minha ideia é fazer com que o Turismo cresça cada vez mais em Poá. O último evento realizado pela secretaria que foi o ‘WorkChoc – Loucos por Chocolate’ teve uma grande proporção, trouxe vários turistas e olhares de empresários para a cidade e isso é um grande ganho”, comentou o secretário.

Florido também falou sobre a atual crise que a cidade está passando e ressaltou que isso tem afetado a Secretaria de Turismo. “No entanto, vamos continuar trabalhando em busca de recursos, para que a crise não prejudique essa área que é tão importante para a cidade” completou.

O presidente do Conselho Municipal de Turismo de Poá, Célio Demétrio, falou sobre o trabalho que o COMTUR vem realizando. “Nós estamos desenvolvendo ações em parceria com a Secretaria de Turismo, para que possamos fomentar o setor na cidade e assim conquistar recursos para o município. E estamos à disposição da administração municipal para colaborar no quer for necessário”.

Já o fotógrafo Adilson Santos, membro do conselho representando as mídias da cidade, fez uma proposta de encaminhamento para que o prefeito receba uma comissão onde será discutido o formato da ExPoá (Exposição de Orquídeas e Plantas Ornamentais) pois o atual governo com a crise do ISS pode não fazer a mesma. Mas existe uma proposta apresentada pelo secretário de cultura Mário Sumire, com a proposta de terceirizar a festa, como apoio de patrocinadores, ou seja, a iniciativa privada, onde será feita no formato de grandes shows com artistas de peso e com a cobrança de ingressos para custear a festa, esta empresa gerenciaria a venda de espaço, barracas, e toda área externa, fica sob responsabilidade desta empresa.

Santos também solicitou que seja feita uma audiência pública para discutir com a sociedade civil o formato da festa, pois para ele o foco principal é a Exposição de Orquídeas, e não os shows que trás um grande público de fora da cidade, e não temos estrutura para isto, finalizou.

Foto: Flávio Aquino
 
 
Não esqueça de comentar
 
Pesquise em nosso Acervo
 
Leia também
  Conselho do Turismo discute ações para impulsionar setor
Foi realizada na manhã de hoje (25), na Secretaria de Turismo, a reunião ordinária do Conselho Munic
 
  Prefeitura de Poá inicia elaboração do Plano Diretor de Turismo
O prefeito de Poá, Gian Lopes, assinou na tarde de hoje (3) o termo contratual para contratação de e
 
  ONU declara 2017 o Ano Internacional do Turismo Sustentável
A Organização Mundial do Turismo (OMT), agência das Nações Unidas, declarou 2017 como o Ano Internac
 
Publicidade
 
Em cima da Hora
  Pela primeira vez, TSE manda retirar fake news da internet
O ministro substituto do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Sérgio Banhos determinou hoje (7) que o F
 
  Temer se reúne com presidentes da Assembleia de Deus no Brasil
O presidente Michel Temer, participa da Assembleia Geral Extraordinária da Convenção Nacional das As
 
  Veja fatos que marcaram os dois anos do governo Temer
O presidente Michel Temer reúne nesta terça-feira (15), no Palácio do Planalto, a equipe ministerial
 

 

© 2018 JE - Jornal Evangélico - O Jornal Evangélico é uma publicação Interdenominacional.
Todos os direitos reservados.