Suzano capacita médicos para melhorar atendimento na saúde mental
SAÚDE 01/05/2017 - 23:51
 
 
Carla Fiamini

Até o momento, duas turmas de profissionais que atuam na rede básica passaram por treinamento; cidade administrada pelo prefeito Rodrigo Ashiuchi conta com quatro Centros de Atenção Psicossocial (Caps) e contabiliza mais de mil pacientes em tratamento

A Secretaria de Saúde de Suzano-SP está capacitando os médicos pediatras e generalistas que atuam na rede básica, a fim de melhorar o acolhimento a pacientes de saúde mental - hoje, cerca de mil. Na semana passada, duas turmas passaram por treinamento na sede da pasta, localizada no Centro Unificado de Serviços (rua Paulo Portela, 210 - centro).

Na terça-feira (25 de abril), o psiquiatra Jonathan Rodrigues Dionísio de Lima ministrou para os médicos da Prefeitura de Suzano a palestra “A Atualização da Saúde para Crianças e Adolescentes”. Na oportunidade, o especialista abordou a necessidade de se observar não apenas os sintomas de transtornos mentais, mas, sobretudo, de se imprimir uma abordagem humanizada e de se adotar o devido encaminhamento.

A reunião de trabalho, que foi replicada na sexta-feira (28 de maio) para uma segunda equipe de médicos da rede básica teve, segundo a administração municipal, dois objetivos principais: promover a aproximação entre os profissionais e valorizar a importância do cuidado integral do paciente no serviço público de saúde, incluindo o segmento de saúde mental. Outros dois encontros estão agendados para acontecer até o início do segundo semestre de 2017.

Segundo a coordenadora da Rede de Atenção Psicossocial da Prefeitura de Suzano, Dulcineia Gomes de Sena Ramos, a estrutura para o acolhimento da saúde mental na cidade abarca quatro unidades do Centro de Atenção Psicossocial (Caps), sendo dois destinados a adultos, um específico ao tratamento infanto-juvenil e um quarto direcionado a usuários de álcool e drogas. O município tem cadastrado, hoje, cerca de mil pacientes que recebem atendimento contínuo.

Ainda na seara da saúde mental, a rede local conta com nove equipes que atendem nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e que providenciam os encaminhamentos adequados, além de um segundo grupo dedicado unicamente ao acolhimento de pessoas em situação de vulnerabilidade social e de rua.

O secretário de Saúde de Suzano, o médico Luis Claudio Rocha Guillaumon, reforça que o município tem estrutura adequada para atender casos de transtorno mental, mas que é preciso unificar e potencializar o trabalho, a fim de não apenas mapear com mais precisão os atendimentos, mas, principalmente, torná-los mais efetivos:

“Qualquer pessoa que esteja passando por problemas deste tipo pode procurar um posto de saúde, onde será realizado o acolhimento e o encaminhamento adequado. Todos os casos são tratados com a importância e a dedicação que merecem. Suzano oferece tratamento gratuito e com muita qualidade”, reafirma o gestor. 

Foto: Irineu Júnior
 
 
Não esqueça de comentar
 
Pesquise em nosso Acervo
 
Leia também
  OBPC Arujá recebe palestra Leader Coaching do ICC
Ontem dia 6 de maio líderes da Igreja Evangélica O Brasil Para Cristo de Arujá, receberam o treiname
 
  Mutirão da Saúde vai agilizar atendimento de poaenses
O prefeito de Poá, Gian Lopes, para agilizar o atendimento da população na área da Saúde, determinou
 
  Suzano capacita médicos para melhorar atendimento na saúde mental
A Secretaria de Saúde de Suzano-SP está capacitando os médicos pediatras e generalistas que atuam na
 
Publicidade
 
Em cima da Hora
  Inflação do aluguel, IGP-M acumula 3,48% em 12 meses
A segunda prévia de abril do Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) acusou deflação (queda de preç
 
  EUA lançam dezenas de mísseis contra aeroporto na Síria
Forças militares dos Estados Unidos lançaram nesta quinta-feira (6) dezenas de mísseis de cruzeiro c
 
  IPC-S sobe e fecha março com inflação de 0,47%
O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) fechou março com uma taxa de inflação de 0,47%. Ela
 

 

© 2016 JE - Jornal Evangélico - O Jornal Evangélico é uma publicação Interdenominacional.
Todos os direitos reservados.