Por que é tão difícil perdoar alguém?
LITERATURA 16/01/2017 - 21:46
 
 
Adriane Galdino

Assim como perdoar um amigo ou familiar é muito difícil, também muitas pessoas não conseguem perdoar a si mesmas após cometerem algum erro do qual se arrependam. Mas que tal começar o ano perdoando mais e se arrependendo menos?

A obra "Perdão Total", de Maurício Zágari, e publicada pela Editora Mundo Cristão, é daquelas que prometem marcar a vida de quem lê-lo. O exercício do perdão é fruto de uma ação divina. Não experimentar a graça do Perdão Total é como estar numa cela, receber o alvará de soltura, mas ainda permanecer encarcerado.

Abaixo confira algumas das mensagens do livro:

Prevenir é melhor que remediar: É importante saber o que está o deixando enfraquecido, pois cada caso é um caso. Sabendo de antemão que situação o torna vulnerável, será bem mais fácil se proteger quando ela acontecer.

Amor gera atitude: Se o seu irmão é amável, ame-o. Se o seu irmão não é amável... ame-o do mesmo jeito. E que seja um amor demonstrado não só por palavras, mas, principalmente, por meio de atitudes.

A culpa pode ser construtiva: O conceito de culpa é execrado pelas pessoas por uma razão bem clara: ele se contrapõe frontalmente ao desejo de ser feliz. Pois a culpa gera tristeza, e a tristeza é adversária da felicidade.

Perdão depende de saber e não de sentir: Há pessoas enlutadas consigo mesmas e que, embora tenham verdadeiramente sido perdoadas por Deus, não se sentem perdoadas. Acordam todos os dias de manhã sem coragem de se encarar no espelho. Não atrele o perdão dos seus pecados a sentir alguma coisa. Basta saber. E estará perdoado.

Ninguém fica para trás: Um dos lemas informais das Forças Armadas é "ninguém fica para trás". Se numa batalha no front um soldado é ferido, seus companheiros muitas vezes põem a vida em risco para resgatá-lo da zona de combate.

O próximo como a si mesmo: Perdoar é amar o próximo e a Deus. Não perdoar é tentar implodir tudo aquilo que Jesus construiu na terra.

O perigo de não perdoar: Não perdoar é deixar de fazer o bem a quem carece de perdão. Logo, é fazer o mal. E se o amor não pratica o mal contra o próximo, a conclusão lógica é que a falta de perdão é uma atitude abominável.

Ficha Técnica

Editora Mundo Cristão

Autor: Maurício Zagari

ISBN: 978-85-433-0036-8

Páginas: 192

Tamanho: 14x21

Preço: R$ 19,90

Sobre o autor

Maurício Zagari é editor, escritor, jornalista e teólogo. Recebeu os Prêmios Areté de “Autor Revelação do Ano” e de “Melhor Livro de Ficção/Romance” pelo livro O Enigma da Bíblia de Gutemberg. É autor também dos livros A Verdadeira Vitória do Cristão, 7 Enigmas e um Tesouro e O Mistério de Cruz das Almas. Pela Editora Mundo Cristão, produziu os textos da obra É tempo de orar. Escreve regularmente no blog Apenas (http://apenas1.wordpress.com). Membro da Igreja Cristã Nova Vida em Copacabana (Rio de Janeiro, RJ), é casado com Alessandra e pai de Laura.

 

 
 
Não esqueça de comentar
 
Pesquise em nosso Acervo
 
Leia também
  Projeto Vida Literária levará palestra e livros para duas escolas
O projeto Vida Literária realizará duas agendas nesta semana (dias 22 e 24) nas escolas estaduais Pr
 
  Por que é tão difícil perdoar alguém?
Assim como perdoar um amigo ou familiar é muito difícil, também muitas pessoas não conseguem perdoar
 
  Mundo Cristão lança nova tradução da Bíblia em evento histórico
Na noite dessa segunda-feira (31), a Editora Mundo Cristão lançou oficialmente a NVT (Nova Versão Tr
 
Publicidade
 
Em cima da Hora
  Leonardo Euler é nomeado presidente da Anatel
O Presidente da República nomeou o conselheiro Leonardo Euler de Morais para exercer o cargo de Pres
 
  Grupos musicais já podem se inscrever para a Cantata de Natal
A Secretaria de Cultura de Suzano está com inscrições abertas para corais, orquestras e outros grupo
 
  Mais uma creche escola começa a ser construída em Suzano
A obra da creche escola programada para o Residencial Nova América, distrito de Palmeiras, já começo
 

 

© 2016 JE - Jornal Evangélico - O Jornal Evangélico é uma publicação Interdenominacional.
Todos os direitos reservados.