Igrejas se unem contra a exploração infantil em Fortaleza
EVANGELISMO 26-05-2016 - 22:14
   
 

Campanha iniciou em 2010 com o mote da Copa do Mundo e a ideia era desenvolver uma ação em alusão ao evento mundial na situação da exploração sexual no turismo

Igrejas evangélicas de Fortaleza se uniram no último domingo (22) em uma caminhada contra a exploração sexual infantil. Promovida pela Rede Evangélica Nacional de Assistência Social (Renas), o evento reclamou a relevância do tema para toda a sociedade em vista do “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”.

Jailma Rodrigues é assistente social e coordenadora da campanha Bola na Rede que atuou na caminhada. Em entrevista exclusiva para o Portal Guiame, ela contou mais detalhes. “Essa caminhada é promovida pela Renas, que aqui em Fortaleza reúne várias instituições e igrejas, como por exemplo a visão mundial, Diaconia, a Jocum, a Luminai, a Compassion e outras”, disse. “E essas instituições todas se juntam durante o ano inteiro para programar essa ação e outras ações que a gente faz durante o ano”, contou.

“Algumas instituições não evangélicas também estão com a gente, mas a organização é feita por uma rede evangélica”, disse.

Ainda de acordo com a coordenadora, a campanha iniciou em 2010 com o mote da Copa do Mundo. “Nos começamos essa campanha em 2010 e a ideia era desenvolver uma campanha em alusão a copa do mundo na situação da exploração sexual no turismo”, revelou.

“Então nos finalizamos a campanha em 2014 com a copa do mundo com grupos de sensibilização nos bolsões de estacionamento, no Fifa FanFest da Praia de Iracema e em vários outros lugares. Mas nós decidimos continuar com a campanha por entender que infelizmente é uma violência que não se acaba, que não é dado baixa e que infelizmente o poder público não faz a sua parte, não tem uma responsabilidade de uma forma efetiva”, comentou.

Questionada sobre o fato de a igreja estar envolvida nesse tema, Jailma explica: “A nossa Constituição Federal diz que a responsabilidade com crianças e adolescentes é do Estado, da família e da sociedade. Então é de responsabilidade de toda a sociedade proteger essas crianças e adolescentes. Por isso que é importante que a sociedade como um todo se sensibilize e traga para si a responsabilidade de ficar de olho, de denunciar, de fazer o que tiver ao seu alcance pra defender crianças e adolescentes, especialmente no que diz respeito à violência sexual”, salientou.

Uma igreja que se levanta

Priscila Costa é apresentadora e líder na Assembleia de Deus Bela Vista. Representante da causa contra o aborto e a exploração sexual, ela comenta porque a igreja precisa levantar a voz sobre o tema. “É importante a igreja se levantar, porque a igreja foi estabelecida para sempre estar de pé! Sobre a defesa das crianças não é diferente, e eu diria que nossa luta é muito mais ideológica do que física”, disse em entrevista para o Portal Guiame.

“Estamos vivendo um tempo, onde as ideias patrocinadas pelo nosso próprio Governo, são ideias que vem deformar e confundir a identidade das crianças. A fragilidade causada por toda essa violência mental e emocional, abre caminhos ainda mais desastrosos para a possibilidade de uma violência sexual. Acabou o tempo da igreja se dar o luxo de manter-se dentro de suas questões institucionais, o mundo clama por esperança, e é a voz da igreja que a anuncia”, pontuou.

Segundo Priscila, a igreja pode causar um impacto positivo quando ela se manifesta publicamente. “A mensagem de Vida que Cristo trás para todos, ela já impacta por si, o papel do Cristão é manifestar essa mensagem, ocupando espaços na sociedade e falando em defesa das crianças. Nossa geração não precisa de uma igreja calada e acuada em suas paredes, o mundo precisa de uma igreja que fala, sabe com quem fala e sabe por que fala”, acrescentou. “Em todos os meios, na política, nas artes, no direito, na mídia, e em todos os espaços que ocupemos, devemos usar também, como nossa plataforma em defesa da vida das crianças”, finalizou.

 
 
 
 
Pesquise em nosso Acervo
 
Leia também
  DVD reforça ações do Movimento Joga Limpo Brasil
Uma parceira entre a Sociedade Bíblica do Brasil (SBB) e a organização internacional Atletas em Ação
 
  Cantores evangélicos gravam música contra a exploração sexual na Copa
Faltando pouco mais de 40 dias para o início da Copa do Mundo 2014, o projeto “Liberta-me, Brasil” f
 
  SBB promove publicações do Joga Limpo Brasil
Para atender à demanda de material do Movimento Joga Limpo Brasil, a Sociedade Bíblica do Brasil (SB
 
Publicidade
 
Em cima da Hora
  Inflação do aluguel, IGP-M acumula 3,48% em 12 meses
A segunda prévia de abril do Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) acusou deflação (queda de preç
 
  EUA lançam dezenas de mísseis contra aeroporto na Síria
Forças militares dos Estados Unidos lançaram nesta quinta-feira (6) dezenas de mísseis de cruzeiro c
 
  IPC-S sobe e fecha março com inflação de 0,47%
O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) fechou março com uma taxa de inflação de 0,47%. Ela
 

 

© 2016 JE - Jornal Evangélico - O Jornal Evangélico é uma publicação Interdenominacional.
Todos os direitos reservados.