“O desperdício de dinheiro público tem de acabar”
POLÍTICA 15-07-2018 - 07:38
   
 
 Douglas Pires

A engenheira ambiental e mestre em Administração Pública Juliana Cardoso repudia as regalias existentes, não de hoje, no Congresso Nacional; filiada ao PR-SP, a suzanense defende o fim do desperdício do dinheiro público, enquanto valoriza a existência de mandatos eletivos transparentes e que mantenham diálogo permanente com a população

A engenheira ambiental e mestre em Administração Pública Juliana Cardoso é totalmente contra as regalias e o desperdício de dinheiro público que pautam, não de hoje, o expediente do Congresso Nacional e o noticiário. A suzanense, que é filiada ao PR-SP e é pré-candidata à deputada federal, concluiu recentemente o módulo de formação do Renova BR, grupo que tem como intuito capacitar novas lideranças, visando a renovação do quatro político brasileiro, o incentivo a uma maior participação da população nas decisões que afetam o dia a dia do cidadão, e o combate à corrupção.

Juliana foi selecionada para participar da iniciativa que teve mais de 4 mil inscritos, provenientes dos quatro cantos do País. Para a atividade, foram escolhidas pouco mais de cem pessoas, de idades, profissões, localidades e partidos diferentes, mas com algo muito importante em comum: valores e princípios éticos e morais, vontade de atuar na Política, e relevantes serviços prestados à sociedade no currículo.

Um dos aprendizados passados pelo Renova BR versa sobre a necessidade de o Brasil adotar práticas que induzam ao combate a fraudes e o mau uso do dinheiro público. De acordo com a republicana, outro problema que afeta o País há anos diz respeito ao quanto se gasta com o Congresso Nacional para seu funcionamento e manutenção:

“Para se ter ideia, o que se despede financeiramente para o funcionamento do Congresso Nacional daria para comprar 30 ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e construir duas creches. Isso é absurdo! É, praticamente, R$ 1 milhão por hora. Precisamos de políticos que respeitem o dinheiro público, que sejam transparentes e que atuem não apenas no combate à corrupção, mas, principalmente, lutem por uma máquina pública sem privilégios e luxos. Acredito na Política ‘ficha limpa’, que trabalha contra a crise e por um Brasil melhor”, detalha.

Na avaliação da engenheira ambiental, é possível desenvolver o trabalho parlamentar com bem menos gastos e produzindo ainda mais em prol da população:

“Desde cedo, decidi que é preciso fazer mais pelas pessoas, pelas comunidades. Precisamos trabalhar por reformas necessárias. O dinheiro público não pode ser usado para pagar mordomias de políticos. Precisa ser investido em serviços e em equipamentos para a nossa gente. Política é construção coletiva. Por isso, caso eu chegue até o Congresso Nacional, é por este tipo de trabalho que vou lutar”.

Biografia

Juliana Cardoso tem 29 anos e é formada em Engenharia Ambiental, pelo Centro Universitário Luterano de Manaus; e pós-graduada em Administração de Empresas - MBA, pela Escola de Administração de Empresas de São Paulo (EAESP) da Fundação Getúlio Vargas (FGV), com ênfase em Empreendedorismo, pela Babson College.

Mestre em Administração Pública, pela Universidade de Columbia; e mestranda em Direito Público.

Juliana é líder da Rede de Ação Política pela Sustentabilidade - RAPS; talento da Rede da Fundação Lemann; membro do Movimento Agora!; e Global Shaper do Hub São Paulo, líder do RenovaBR.

 

 
 
 
 
Pesquise em nosso Acervo
 
Leia também
  Temer fala na Conamad sobre os caminhoneiros
Na presença de pastores da Igreja Assembleia de Deus de todo país, o presidente Michel Temer pediu o
 
  Temer anuncia pastor Ronaldo Fonseca como novo ministro
O presidente Michel Temer escolheu como novo ministro da Secretaria-Geral o deputado Ronaldo Fonseca
 
  Definida celebração dos 110 anos da imigração
O Congresso Nacional celebrará os 110 anos da imigração japonesa no Brasil com uma série de atividad
 
Publicidade
 
Em cima da Hora
  Pela primeira vez, TSE manda retirar fake news da internet
O ministro substituto do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Sérgio Banhos determinou hoje (7) que o F
 
  Temer se reúne com presidentes da Assembleia de Deus no Brasil
O presidente Michel Temer, participa da Assembleia Geral Extraordinária da Convenção Nacional das As
 
  Veja fatos que marcaram os dois anos do governo Temer
O presidente Michel Temer reúne nesta terça-feira (15), no Palácio do Planalto, a equipe ministerial
 

 

© 2018 JE - Jornal Evangélico - O Jornal Evangélico é uma publicação Interdenominacional.
Todos os direitos reservados.